Recomendações

(5)
S
Salim N. Tanure Simão
Comentário · há 2 anos
Muito bem exposto e oportuno. Conheço a Previdência Social desde 1965, quando ingressei no Ex-IAPC, hoje aposentado, mas trabalhei todo o tempo na área de benefícios. Sempre se falava em déficit, haviam 3 estados da federação em que o superavit cobria os demais, São Paulo sempre foi o maior em superavit. A Previdência foi unificada em 1966 - Castelo Branco, os benefícios pagos então eram os de prestação única: Auxílio-Natalidade no valor de um salário-mínimo quando assistido pelo INSS e dois salários quando às expensas do segurado e por filho, se gêmeos os valores eram dobrados, Auxílio-Funeral em até dois salários mínimos, salário-família 5% do salário-mínimo por filho menor de 14 anos ou inválido, Pecúlio por morte em acidente do trabalho em valor igual a 18 vezes o maior salário-mínimo do país, pecúlio dos aposentados que retornam ao serviço, todos estes benefícios foram suprimidos. de Prestação continuada: Abono de permanência em serviço, Aposentadoria Especial, benefícios acidentários, todos suprimidos. O sistema de cálculo que era de 12 últimos meses, foi a 36, 48, 36 e atualmente, desde 06/1994. 80% das maiores, sujeito ao fator previdenciário. O tempo de serviço comum que eram de 25 mulheres e 30 homens proporcional, saltou para 30 e 35 anos respectivamente. A Aposentadoria por idade que exigia 60 contribuições mensais e os mínimos de idades, saltou para 180 contribuições mensais, e muitas outras alterações introduzidas no meio do caminho, isto é, nenhuma delas a partir do instante da filiação, há um sentimento de frustração, engodo e até mesmo de calote aos direitos do contribuinte que ingressa no sistema com um leque aberto de direitos e que ao final, o leque está fechado quando e se acontecer, o contribuinte fizer jus a algum benefício. A Previdência tem mecanismos que detectam se de fato e onde existem tais déficits, mas que os políticos preferem as falácias a constatarem o fato. A Previdência começou com 2% de contribuição, hoje está há mais de 20%, conta com inúmeras fontes de receitas, falta transparência e gerência.
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Guarujá (SP)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Manasses Lopes

(13) 99200-37...Ver telefone

Entrar em contato